São Tirso

SANTOS MÁRTIRES:

TIRSO, LÉUCIO E CALÍNICO

São Lêucio e São Tirso eram cidadãos honrados de Cesaréia da Bitínia, sendo o primeiro batizado e o segundo um catecúmeno cristão. Calínico, porém, era um sacerdote pagão. Quando o herdeiro do Imperador Décio, Cumbrício, começou a torturar e matar impiedosamente os cristãos, o destemido Lêucio compareceu perante ele e, censurando-lhe, disse: "Por que moves guerra contra a tua própria alma, Cumbrício?" O juiz enfurecido ordenou que ele fosse açoitado, torturado e ao fim degolado. O torturado Lêucio foi à sua degola tão exultante como se fosse a um casamento. Testemunhando a morte do corajoso Lêucio, o abençoado Tirso, inflamado com o mesmo zelo divino de Lêucio, compareceu também perante o juiz e reprovou os seus crimes malignos e sua descrença no Único Deus Verdadeiro. Ele também foi açoitado e lançado à prisão. A mão invisível de Deus curou suas chagas, abriu a porta da prisão e conduziu-o para fora. Tirso dirigiu-se imediatamente a Filéias, Bispo de Cesaréia, a fim de ser por ele batizado. Depois de seu batismo, foi novamente capturado e torturado, mas suportou as torturas, como se fizessem parte de um sonho e não da realidade. Pelo poder de sua oração, muito ídolos desabaram. O sacerdote pagão Calínico, vendo isso, converteu-se à fé cristã e tanto ele quanto Tirso foram condenados à morte. Calínico foi decapitado e Tirso seria serrado ao meio. No entanto, o poder de Deus não permitiu isso e a serra foi incapaz de cortar. Então São Tirso levantou-se e orou a Deus, rendendo-Lhe graças pelas torturas, e entregou em paz a sua alma ao Senhor. No final do século IV, o Imperador Flaviano construiu uma igreja a São Tirso perto de Constantinopla e depositou ali suas relíquias. O santo apareceu numa visão à Imperatriz Pulquéria e aconselhou-a a sepultar as relíquias dos Quarenta Mártires ao lado das suas.

São Tirso viveu por volta do ano 250 da era Cristã.

 

NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ, SÃO TIRSO APARECEU PELA PRIMEIRA VEZ NO DIA 25 DE NOVEMBRO DE 2012 E NOS COMUNICOU UMA MENSAGEM. EI-LA:

 

Aparição e Mensagem de São Tirso no dia 25 de novembro de 2012 ao vidente Marcos Tadeu Teixeira, na Capela do Santuário das Aparições de Jacareí - São Paulo - Brasil.

(CENÁCULO FESTEJANDO O ANIVERSÁRIO DA REVELAÇÃO DA MEDALHA MILAGROSA

EM 27 DE NOVEMBRO EM PARIS A SANTA CATHERINE LABOURÉ)

 

“-Marcos, Eu, Tirso, servo de DEUS, servo da Virgem Imaculada, alegro-Me por poder vir transmitir-vos a Minha primeira Mensagem hoje.

Amai a Senhora Imaculada com todo o vosso coração, dando a Ela o vosso sim e deixando-vos abrasar pelo Amor Dela em vossos corações.

Quando a alma achega-se à Virgem Imaculada, abre-lhe o seu coração, ao menos uma fresta, entram dentro de seus corações os raios de Luz que Ela mostrou à Santa Catarina na Sua Aparição em Paris e assim a alma fica repleta da Luz do SENHOR, repleta da Virgem Imaculada, experimenta dentro dela a suave doçura do Amor da Mãe de DEUS e então, as coisas do mundo, que antes lhe pareciam tão agradáveis, tão cobiçáveis, que lhe pareciam tão atraentes, passam a ter, não somente um gosto amargo, mas mesmo um sabor venenoso que faz com que a alma as deplore, as rejeite e busque tudo aquilo que é Celestial, que antes não procurava, não buscava porque não estimava.

A Luz da Mãe de DEUS quando entra numa alma faz com que ela veja como estimáveis todas as coisas de DEUS. Aquilo que antes lhe parecia impossível querer, desejar ou gostar, torna-se agora como que um maná do Céu, suave, doce que enche a alma de suave agrado e enlevo espiritual, faz a alma transbordar de Alegria, Felicidade e Contentamento, desperta na alma a fome e a sede de DEUS e faz com que ela busque conhecer a DEUS, busque conhecer a Virgem Santíssima cada vez mais e com mais sede. Por este sinal reconhecereis a alma que verdadeiramente ama o SENHOR e a Sua Mãe, se ela tem cada vez mais sede de conhecer a DEUS, de conhecer a Virgem Santíssima, de procurar compreender Sua Vontade, Sua Santidade, para assim melhor servi-Los e agradá-Los.

O verdadeiro Santo é aquele que tem uma sede implacável de DEUS e da Virgem Santa e quanto mais ele lê sobre os Santos, sobre DEUS na Sua Misericórdia e Bondade, quanto mais ele conhece a vida da Virgem Santíssima, Suas Virtudes, conhece Seu Amor, Suas Manifestações e Suas Mensagens, mais a alma deseja conhecer, mais a alma deseja saborear e provar.

O verdadeiro Santo se conhece por aquele que também renuncia a sua vontade e faz a Vontade do SENHOR e da Mãe de DEUS, ainda que lhe custe Esforço e Sacrifício.

O verdadeiro Santo se conhece por aquele que não tem preguiça espiritual, que não tem relaxamento, que também não tem o coração bruto e endurecido para as coisas do alto e tão pronto, tão alegre e tão serelepe para as coisas da terra.

O verdadeiro Santo é aquele que vive mais como um Anjo do que como homem. E mesmo nas obrigações diárias de cada dia que tem que cumprir e das quais DEUS lhe pedirá conta até o último detalhe, esta alma que é Santa, cumpre a Vontade do SENHOR, espalha o Amor do SENHOR, esparge sobre as almas ao seu redor a Luz da qual está cheia, o Amor do qual está repleta, a água da Graça do ESPÍRITO SANTO da qual está inundada.

O verdadeiro Santo se conhece por estar cada vez mais com o seu pensamento, sua vontade e sua ação voltadas para agradar ao SENHOR e não para agradar aos homens ou a si mesmo. Por isso, Eu venho chamar-vos a amar cada vez mais a Senhora Imaculada, a Virgem terrível como um exército em ordem de batalha, que vos deu a Medalha Milagrosa, que vos deu a Medalha da Paz, que vos deu todas as Medalhas e Escapulários que Aqui vós tendes e conheceis, que vos deu as Suas Mensagens em todos os cantos da terra, chamando-vos à Conversão, a amá-La com todo o vosso coração, para que assim, das vossas almas e dos vossos corações, se irradiem a mística Luz da Mãe de DEUS, como se irradiou da pessoa e da vida toda de Santa Catherine Labouré, para que assim, vós também sejais um sinal perene do Amor, da Presença, da Bondade e do Poder da Virgem Santíssima para o mundo inteiro.

Eu, Tirso, estou convosco em todos os momentos, em todas as vossas dificuldades; acompanho-vos, protejo-vos e Rezo sempre mais por vós.

A todos, neste momento, abençôo generosamente e especialmente a ti, Marcos, que não conhecias a Minha existência, mas a quem Eu protejo e guardo já há muito tempo e que sei que agora te tornarás verdadeiro amigo Meu e verdadeiro propagador  da Devoção a Mim que tantas almas levarão ao Céu e tanto bem farão à terra inteira! A todos neste momento abençôo generosamente.”

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!