São Sebastião

São Sebastião foi um dos muitos soldados romanos que por sua Fé em Jesus, foi martirizado. É uma pena que só se pode saber de sua história através das atas de seu martírio. Em quase todas as atas de martírios de Santos e Santas, os escribas tinham ordens de colocarem muitos detalhes do martírio e dar pouca ênfase ao martirizado (isto era para assustar os futuros Cristãos, visto que as atas eram colocadas na cidade onde ocorria o martírio, e na biblioteca de Roma).

Um soldado do exército, nosso Santo nasceu em Narbona, França, no final do século III e desde muito pequeno seus pais mudaram para Milão onde cresceu e foi educado. Seu pai era militar e nobre e ele quis seguir a carreira do pai, chegando a ser capitão da primeira corte de guarda pretoriana, um cargo que só se dava a pessoas ilustres e corretas. Sua dedicação a sua carreira valeu elogios de seus companheiros e principalmente do imperador Maximiano.

Cumpre recordar que o império romano na época era governado no oriente por Diocleciano e no ocidente por Maximiano. Maximiano ignorava que Sebastião era um Cristão de coração e ainda que, mesmo cumprindo as suas tarefas militares, não tomava parte nos sacrifícios nem nos atos de idolatria. Sempre que podia, visitava os Cristãos encarcerados e ajudava aos mais fracos, doentes e necessitados.

Podia se dizer que era um soldado dos dois exércitos: o de Cristo e o de Roma.

Maximiano empreendeu uma depuração de elementos Cristãos nas forças armadas expulsando todos os Cristãos de seus exércitos. Cabe dizer que o soldado do exercito romano era voluntário. Só era obrigatório servir, os filhos de militares, como era o caso do nosso Sebastião. Quando um soldado o denunciou, Maximiano sentiu-se traído por Sebastião e rapidamente o chamou e exigiu que renunciasse ao cristianismo, que deixasse de ser Católico e oferecesse tributo e sacrifícios aos deuses romanos. Ante tal situação, Sebastião comunicou ao imperador que não queria renunciar as suas crenças Cristãs e o imperador ordenou a sua morte. Mas Maximiano ordenou a sua morte de maneira a mais desumana. Ordenou que seus melhores arqueiros o flechassem! Os arqueiros o desnudaram, levaram-no ao estádio de Palatino, o ataram a um poste e lançaram nele uma chuva de flechas e o abandonaram para sangrar até a morte.

Irene, uma mulher Cristã, providencial, que apreciava os conselhos de Sebastião, junto com um grupo de amigos, foram ao local onde estava o Santo, e com assombro, comprovaram que o mesmo ainda estava vivo.
O desamarraram e Irene o escondeu em sua própria casa e curou as suas feridas. Passado um tempo, nosso querido Santo, já curado, quis continuar seu processo de evangelização e, em vez de se esconder, com valentia apresentou-se de novo a Maximiano, o qual ficou assombrado. Maximiano não deu ouvidos aos pedidos de Sebastião para que deixasse de perseguir os Católicos e ordenou a seus soldados que o açoitassem até a morte.

O Imperador ordenou que ele fosse jogado em uma fossa, de modo que os Cristãos não o encontrassem, mas mais tarde Sebastião apareceu para uma Cristã chamada Lucina (Luciana) e disse a ela: “em certo poço você me encontrará pendurado por um gancho e você deve me enterrar nas  catacumbas dos apóstolos”. Na mesma noite ela e seus servos fizeram o que Sebastião ordenou.

Alguns autores dizem que Lucina (Luciana) o enterrou no jardim de sua casa que ficava situado na Via Apia onde está hoje sua Basílica. Ele foi martirizado no ano de 287 DC.

Mais tarde a Igreja  construiu na parte posterior da catacumba um templo em honra do Santo: A Basílica de São Sebastião que lá existe até hoje e recebe grande romaria dos seus devotos. Existe ainda uma capela em Palatino em homenagem a São Sebastião. Em baixo uma foto de uma pintura (Museu de Pushkin) mostrando Irene curando as feridas de São Sebastião. A Irene que cuidou de São Sebastião é a Santa Irene cuja festa é celebrada no dia 30 de março.

 

 

NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ, SÃO SEBASTIÃO JÁ APARECEU E TRANSMITIU MENSAGENS,  EI-LAS:

Mensagem de São Sebastião no dia 11 de janeiro de 2009

 

Marcos: “-Para sempre sejam louvados: JESUS, Maria e José.

 

SÃO SEBASTIÃO: "-Amados irmãos, Eu, SEBASTIÃO, vos amo muito! Sou servo de Nosso Senhor JESUS CRISTO e da Mãe de DEUS e já bem sabeis que dei a Minha vida por amor a Nosso SENHOR e a Sua Mãe e à Santa Fé.

O Amor não tem reservas para com o Ser Amado. A alma que ama completamente Nosso SENHOR e a Sua Mãe, não pode ter reserva alguma para com Eles. Se conserva para si, algo; se conserva algum apego a algo deste mundo; se ama isso fora do SENHOR, tira de DEUS um pouco do amor que Lhe é devido para colocá-lo numa criatura e isto fere o Amor do SENHOR que deseja e deve ser amado por vós com todas as forças de vossa alma, com todo o vosso coração, com todo o vosso entendimento, com todo o vosso ser.

O Amor de DEUS por vós é tão grande...! ELE deseja fazer em vós o Seu Céu, o Seu Paraíso, onde ELE pode, enfim, pode descansar em vós, comprazer-se em vós, encontrar Suas delícias em vós! É nas vossas almas que ELE quer habitar, mas só poderá fazê-lo se vós vos entregardes completamente a ELE sem reservas, amando-O com todas as vossas forças.

O Amor busca amar a DEUS o mais que pode e não se contenta em dar a DEUS menos que tudo. Não se contenta em fazer por DEUS menos que tudo. O Amor só quer ser amado e correspondido.

Este DEUS que vos amou primeiro, que vos amou antes que vós viésseis a amá-LO; este DEUS que vos criou do nada, só pede o vosso amor total.

Nosso Senhor JESUS CRISTO que deu a Sua vida por vós quando vós ainda estáveis no pecado, quando vós ainda éreis escravos do demônio pelo pecado; este SENHOR que deu toda a Sua vida por vosso amor, não deseja nada mais de vós do que todo o vosso amor.

Vivestes até agora dando o vosso amor somente para as coisas criadas e é por isso que vossas almas viveram em trevas profundas, viveram sem o Amor Divino!

Voltai agora mesmo ao SENHOR. Amai-O com todas as forças do vosso coração e vereis como as vossas almas, antes habitadas por inimigos terríveis e cruéis, serão habitadas pela Graça Divina, pelo Amor da SANTÍSSIMA TRINDADE!

Não vos deixeis mais enganar por vós mesmos, pelo vosso ‘eu’ corrompido, pelo demônio e pelo mundo! Vós destes todo o vosso amor a eles e as vossas almas definharam nas trevas. Dai agora todo o vosso amor ao SENHOR e vereis que vossas almas ressuscitarão para uma verdadeira vida em DEUS!

Eu, Sebastião, vos amo; rezo sem cessar por vós; protejo a todos os que vêm aqui n’Este Lugar Sagrado para ouvir as Mensagens e aprender a amar a DEUS e a Sua Mãe e vou ajudar-vos a chegardes ao perfeito Amor!

A paz, Marcos... Amo-te. Abençôo-te Meu amigo predileto.”

 

Aparição e Mensagem de Nosso Senhor JESUS CRISTO e de São Sebastião no dia 20 de janeiro de 2013 ao vidente Marcos Tadeu Teixeira, na Capela do Santuário das Aparições de Jacareí - São Paulo - Brasil.

VÍDEO DESTE CENÁCULO: pt.gloria.tv/?media=388685

VÍDEO DA APARIÇÃO E PALESTRA DE MARCOS:


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!